Laís Laíny

Eleições da Unioeste: Webber quer fim da desconfiança da sociedade

19/09/2019 01h33

A primeira chapa a registrar a candidatura à eleição da Unioeste, É Hora de União: Unioeste em Primeiro Lugar, vem com um discurso de retomada da boa imagem da Unioeste perante à sociedade.

Ao programa Em Off, do portal Catve, Alexandre Webber afirmou que esta é a primeira vez que a Unioeste é vista com desconfiança pela sociedade, e que ele pretender mudar essa ideia. "Dificuldades financeiras, já tivemos em vários momentos, mas a sociedade sempre esteve do nossos lado, mas ultimamente, por falta de algumas respostas, hoje temos uma desconfiança de sociedade".

Ele promete, ao longo da campanha e de um eventual mandato, mostrar números e resultados que façam a população a voltar a acreditar na universidade. "Quando mostrarmos os números, o que a universidade realiza, a sociedade vai voltar a acreditar".

APOIO DE RONDON
Quem já acompanhou a disputa eleitoral da Unioeste sabe que o campus de Marechal Cândido Rondon é um campo de batalha. É que que historicamente o grupo formado por lá busca autonomia em relação à Reitoria e a Cascavel.

Nesse sentido, não avançou a aliança de Webber com o professor Davi Félix Schreiner, atual diretor do campus de Rondon. O apoio de Davi ao grupo de Webber e Gilmar chegou a ser confirmado mas hoje, a informação é de que a negociação voltou a estaca zero.

"O campus de Rondon não deu margem para ele apoiar um nome não sendo candidato de Rondon. Muitas pessoas entendem que é preciso maior união possível e não da pra permanecer a mania de dividir para governar", afirmou o candidato.

PERFIL
Alexandre Almeida Webber, 44 anos, é candidato a Reitor e tem uma vida dedicada à Unioeste. É formado na primeira turma de Odontologia da Unioeste, em 2001, onde foi presidente do Centro Acadêmico e do Diretório Central dos Estudantes, participando ativamente da luta pela estruturação do curso.

Possui especialização em Saúde da Família, concluída em 2004 na Unioeste. Também é mestre em Saúde Pública, pela UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) e doutor em Estomatopatologia pela FOP Unicamp (Universidade de Campinas). É professor da Unioeste desde 2003, tendo desempenhado também diversos papeis administrativos, onde destaca-se a direção do campus de Cascavel, onde está desde 2012.

Gilmar Ribeiro de Mello, 48 anos, é candidato a vice-reitor e tem um histórico de conquistas desde que foi instituído o campus da Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste, em Francisco Beltrão, através da incorporação da Faculdade de Ciências Humanas de Francisco Beltrão, Facibel. Ele fez parte da primeira turma de professores concursados que ingressou no campus, em fevereiro de 2001.

Mello concluiu o ensino profissionalizante em Técnico em Contabilidade, em 1989, e em 1998, finalizou a graduação em Ciências Contábeis, no Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná. Concluiu o mestrado em Ciências Contábeis em 2006, na USP (Universidade de São Paulo), e logo em seguida, ingressou no doutorado em Ciências Contábeis, concluído em 2009, também na USP. Possui vasta experiencia administrativa, sendo que em 2012 assumiu a direção do CCSA (Centro de Ciências Sociais Aplicadas) e em 2015 assumiu a direção de campus em Beltrão. Além disso, Gilmar é presidente da Agência de Desenvolvimento Regional do Sudoeste.

Leia outros artigos de Laís Laíny