Laís Laíny

Família será indenizada por morte de preso na PEC

23/08/2019 11h29

O juiz da Vara da Fazenda Pública, Nathan Kirchner Herbst, condenou o Estado a indenizar a família de um preso que foi assassinado na rebelião da PEC (Penitenciária Estadual de Cascavel), em 2014.

O preso foi decapitado e, segundo o juiz, foi exposto como forma de intimidação e verdadeira moeda de troca no contexto da reivindicação de direitos do motim.

A indenização totaliza R$ 35 mil, sendo R$ 15 mil para o pai e R$ 10 mil para cada um dos irmãos do preso.

No processo, o Estado se defendeu dizendo que não tem responsabilidade civil sobre a morte do preso e discordou do valor da reparação à família.

Ainda cabe recurso para a decisão.

Leia outros artigos de Laís Laíny