BLOG DA
Laís Laíny

União aumenta limites máximos da Lei das Licitações

19 de junho de 2018 | 23h54 | Atualizado há 1263 dias

Após 20 anos sem alteração, o decreto 9.412/2018, assinado pelo presidente Michel Temer (MDB) aumenta os limites máximos de algumas modalidades previstas na Lei 8.666/1993 - a Lei das Licitações. A mudança foi publicada nesta terça-feira (19).

O decreto considera certames para obras e serviços de engenharia e também da administração em geral e isso vai recair para estados e municípios, visto que a Lei 8.666 é da abrangência nacional.

Em todas as modalidades, há aumento.

Veja abaixo a atualização dos valores de cada item das licitações previstos no novo decreto.

Os limites dos valores máximos para licitações de obras e serviços e engenharia são:
Carta-convite: de até R$ 150 mil para até R$ 330 mil.
Tomada de Preços: de até R$ 1,5 milhão para até R$ 3,3 milhões.
Concorrência: de acima de R$ 1,5 milhão para acima de R$ 3,3 milhões.

Para outras compras e serviços, os valores máximos para cada modalidade são:
Carta-convite: de até R$ 80 mil para até R$ 176 mil.
Tomada de preços: de até R$ 650 mil para até R$ 1,430 milhão.
Concorrência: de acima de R$ 650 mil para acima de R$ 1,430 milhão.
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM

<