Brasil vence o Panamá e termina a fase de grupos da Copa do Mundo de futsal

Brasil vai em busca do hexacampeonato mundial de futsal na Copa do Mundo da Fifa

19 de setembro de 2021 | 12h23 | Atualizado há 26 dias

PUBLICIDADE
Três jogos e três vitórias. A Seleção Brasileira de futsal encerrou neste domingo sua participação na fase de grupos da Copa do Mundo da modalidade com mais um triunfo. Em jogo na Klaipeda Arena, na Lituânia, o time de Marquinhos Xavier bateu o Panamá por 5 a 1, com gols de Rocha, Gadeia, Leozinho, Arthur e Pito, e segue com 100% de aproveitamento. Maquensi diminuiu.

Primeiro tempo

Como esperado, o Brasil mandou na partida desde o início, com muita pressão em cima dos panamenhos, mas a superioridade do time de Marquinhos Xavier não foi convertida em gols tão cedo. Apesar de boas chances de Ferrão, Gadeia, Leozinho e Rocha, a Canarinho não estava com a pontaria afiada. Quando acertava o alvo, o goleiro Peñaloza aparecia para defender.

Com 12 minutos do primeiro tempo, o Panamá assustou em contra-ataque rápido e quase abriu o placar. Goodridge chutou forte, mas o goleiro Guitta fez boa defesa. No lance seguinte, foi a vez de Hurst fazer jogada individual, mas o arqueiro brasileiro apareceu bem novamente para evitar o gol.

Quando o primeiro tempo se encaminhava para terminar empatado sem gols, Rocha abriu o placar aos 15 minutos. Ele roubou bola no campo de defesa e deixou com Lino, que armou contra-ataque. O camisa 7 devolveu para Rocha, que bateu de canhota para marcar. Ainda antes do término da etapa inicial, Gadeia, em chute forte de longe, ampliou o marcador.

Segundo tempo

Na etapa final, o Brasil continuou pressionando e o artilheiro Ferrão, goleador máximo da Copa do Mundo até aqui, tece duas boas chances, mas não conseguiu balançar as redes. Na primeira delas, o camisa 11 chegou a driblar o goleiro, mas se atrapalhou com a bola.

A resposta do Panamá veio na sequência, mas Guitta novamente salvou o Brasil. Primeiro, o goleiro evitou gol de Milord. Na sobra, foi a vez de Castrellon tentar o gol, mas o arqueiro da Seleção Brasileira fez grande defesa mais uma vez em Klaipeda.

O jovem Leozinho marcou o terceiro gol da Seleção Brasileira aos nove minutos da etapa final. Marlon tentou chute, mas a bola sobrou para o camisa 8, que limpou a marcação e fez um golaço. Pouco depois, Maquensi chutou forte de longe e diminuiu para os panamenhos. Nos últimos segundos, Arthur fez o quarto e Pito, na saída de bola, marcou o quinto para fechar o caixão.
Terra.com
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM

<