Policial

Morte banal por causa da fila no drive-thru do McDonald's , diz a polícia

Polícia analisa imagens e conversa com testemunhas para esclarecer o caso


A delegada chefe da 15ª SDP (Subdivisão Policial) de Cascavel, Mariana Vieira, que ficou responsável pelos depoimentos falou, na manhã desta segunda-feira (23), sobre a discussão na fila do McDonald's em Cascavel na noite de domingo (22) que terminou com a morte de Gabriel Gomes Baiça.

Após discussão no drive-thru do McDonald's, homem de 26 anos leva facada e fica em estado grave em Cascavel

Mariana enfatiza que neste momento as informações sobre o caso e as investigações serão mantidas em sigilo para não atrapalhar o processo.

"Mais uma morte que chama muita a atenção. Motivos banais, uma briga, uma discussão que leva mais um óbito em Cascavel", afirmou a delegada.

A delegada comentou que o crime aconteceu durante uma discussão na fila do McDonald's. Já sobre a arma utilizada, foi informado que ainda é cedo para falar sobre o tipo da lamina, mas que não foi utilizada uma faca grande.

A CATVE já divulgou imagens sobre a discussão e atendimento do rapaz registradas por câmera de monitoramento. De acordo com a polícia outros vídeos estão em processo de coleta.

VÍDEO: imagens mostram confusão que terminou com Gabriel Baiça morto

Conforme o que foi apurado pela reportagem do Portal CATVE, o autor das facadas já foi identificado e segue sendo procurado. Ele teria fugido do local em uma Mitsubishi Pajero de cor branca. A Polícia Civil ainda não tem informações se o acuso vai se apresentar nas próximas horas à autoridade policial.

SOBRE O CASO

Gabriel Gomes Baiça morreu na madrugada de segunda-feira (23) após ser esfaqueado durante discussão na fila do drive-thru do McDonald's localizado na Avenida Brasil, no Centro de Cascavel.

Quem era Gabriel Baiça esfaqueado na fila do drive do McDonald's em Cascavel

A situação aconteceu na noite de domingo (22). Gabriel se envolveu em uma discussão com outro cliente que aguardava na fila quando foi esfaqueado. De acordo com o Siate, ele tinha como principal ferimento uma perfuração no tórax.

O rapaz chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital Universitário, mas morreu pouco tempo depois de dar entrada no pronto-socorro.

Ainda durante a madrugada, a família do jovem esteve na 15ª SDP (Subdivisão Policial) e uma familiar que testemunhou o crime prestou depoimento. Além dela, outro rapaz que presenciou a discussão deve ser ouvido nas próximas horas.

A Delegacia de Homicídios investiga o caso. 

Redação Catve.com

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais lidas de Policial
Últimas notícias de Policial