Mulher que matou mãe e filho ficará dois anos em manicômio

Tribunal entendeu que mulher de 41 anos tem transtornos mentais parciais

19 de setembro de 2020 | 09h55 | Atualizado há 32 dias

PUBLICIDADE
Na tarde desta sexta-feira (18) foi a júri popular na 1° Vara Criminal da Comarca de Umuarama Marisa Dulcinéia dos Santos, 41 anos, assassina confessa de Magali Rodrigues Dias, 26 anos, e seu filho, que na época tinha 5 anos.

A banca de jurados decidiu que a ré sofre de transtornos mentais parciais, quando alterna entre realidade e fantasia, apresentando alterações de humor e comportamento.

Marisa será encaminhada a um manicômio judicial onde deverá permanecer por dois anos. Após o cumprimento da pena a mulher deverá passar novamente por uma banca de psiquiátricas para avaliar se a mesma terá condições ou não de ser reintegrada a sociedade
Redação Catve.com/Umuarama News
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM