Cotidiano

Corpo de Bombeiros orienta sobre cuidados para evitar afogamentos

No sábado uma criança de três anos morreu em Boa Vista da Aparecida


Imagem de Capa

O aspirante Jorge do Corpo de Bombeiros falou sobre os cuidados para evitar afogamentos. As dicas são para adultos e crianças.

Conforme informado, não é indicado que as pessoas entrem em locais desconhecidos para banho, em cachoeiras que tenham o risco de afogamento.

No caso de crianças, jamais estar em ambiente aquático desacompanhada, ou seja, é necessário que elas estejam próximas a adultos responsáveis.

"Não basta estar só olhando para a criança, ela deve estar no máximo a um braço de distância, do pai ou responsável para que consiga ser resgatada", afirmou o aspirante.

Sobre o caso do menino que se afogou e morreu em Boa Vista da Aparecida, ele explica que eles estavam em uma confraternização em local próximo, ambiente fechado, quando a criança que estava brincando se ausentou.

O aspirante comenta que no primeiro a solicitação entrou como desaparecimento, no entanto evoluiu e ela foi encontrada na água. "Eles não estavam se banhando", explicou.

Jorge orienta, pois a criança não tem dimensão do risco e é preciso estar em vigilância constante. Já no caso do adulto é ter bom senso quando entrar no ambiente aquático.

 O QUE FAZER EM CASOS DE AFOGAMENTO

A orientação é para que as pessoas alcancem um objeto que ofereça flutuabilidade com galho, cabo de vassoura, boia, ou algum outro.

A última instância é que alguém entre na água. O Corpo de Bombeiros explica que deve ser a última instância que alguém entre na água e que isso deve ser feito por uma pessoa que tenha treinamento e equipamentos.

Ainda conforme relatado, mesmo com treinamento e todo o aparato, os guarda-vidas têm dificuldade para remover uma pessoa e que uma pessoa entrar sem preparo pode virar uma próxima vítima.

COMER E NADAR PODE?

A orientação é para que a pessoa espere por alguns minutos. Isso porque, após a refeição, o corpo direciona energia para a digestão e o risco de ter um mal súbito é maior.


Redação Catve.com

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Cotidiano
Últimas notícias de Cotidiano