Política

Eleições 2022: como será a ordem de votação?

Faltam exatamente 12 dias para as Eleições Gerais; simulador da urna eletrônica está disponível para eleitores


Imagem de Capa

Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE

Faltam exatamente 12 dias para as Eleições Gerais de 2022 e a ordem de votação na urna já foi divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O primeiro cargo a ser preenchido é o de deputado federal (com quatro dígitos). Em seguida, o eleitor deve escolher os candidatos a deputado estadual ou distrital - este apenas para eleitores do Distrito Federal - (com cinco dígitos); a senador (com três dígitos); a governador (dois dígitos); e, por último, a presidente da República (também com dois dígitos). (Clique aqui e tenha acesso ao documento com a ordem de votação).


O TSE disponibiliza aos eleitores o simulador de votação na urna eletrônica para o pleito deste ano (clique aqui). A ferramenta permite se familiarizar com o teclado da urna, reduzindo o tempo de votação por pessoa e, consequentemente, as filas nas seções eleitorais.

Candidatos fictícios

Todos os candidatos e partidos são fictícios. As opções são: Partido dos Esportes, Partido dos Ritmos Musicais, Partido das Profissões, Partido das Festas Populares e Partido do Folclore.

Neste ano, a ferramenta traz novidades referentes à acessibilidade, como inclusão de intérprete de Libras e de tempo de espera para a conferência do voto, além de confirmação adicional para votar na legenda. Além disso, a ferramenta recebeu uma atualização nos áudios para pessoas com deficiência visual.

Como treinar?

Para utilizar o simulador, basta acessar o Portal do TSE, clicar em "Eleitor e Eleições/Urna Eletrônica/Simulador de Votação 2022" ou clicar neste link e seguir as orientações que aparecem na tela para começar a votar.

Primeiro, é preciso escolher se quer votar no primeiro ou no segundo turno para "Eleições Gerais 2022 Brasil", "Eleições Gerais 2022 Distrito Federal" ou "Eleições Gerais 2022 Exterior". Em seguida, aparece uma espécie de cola para o cidadão - tal qual a que todos podem levar no dia do pleito -, em que o eleitor escolhe o partido e, assim, surge o candidato e o número correspondente a ser inserido na urna.

Por exemplo, escolhendo o primeiro turno para as Eleições Gerais Brasil, a primeira escolha será para deputado federal. Caso clique no Partido dos Ritmos Musicais, vão aparecer quatro opções: sertanejo, reggae, música clássica e ópera, bem como os respectivos números.

Ao digitar o número, o eleitor pode apertar a tecla "Corrige", caso tenha digitado errado e queira reiniciar, ou apertar o botão "Confirma", se estiver tudo certo. Na hipótese de querer anular o voto, basta digitar 0 e confirmar. Caso queira votar em branco, basta escolher a opção na urna. E para voto de legenda, é só digitar o número do partido.

Se o eleitor realizar algum procedimento incorreto, a tela será bloqueada e aparecerá uma mensagem mostrando as ações disponíveis. Após a votação para todos os cargos, o votante verá a palavra "FIM" e escutará o inconfundível barulhinho da urna eletrônica.

Para treinar novamente e em outros turnos ou pleitos, basta clicar em "Nova simulação". Não há limite de vezes para os testes. A proposta do TSE é que o eleitor tenha a experiência de estar diante da urna eletrônica, como no dia da eleição, e que utilize a ferramenta quantas vezes forem necessárias para se familiarizar com as etapas da votação.

Eleições Municipais 2024

O simulador também oferece a opção de os eleitores se prepararem para as Eleições Municipais 2024, no primeiro e segundo turnos, para vereador e prefeito.


TSE

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Política
Últimas notícias de Política