Política

Vereador quer acabar com nudismo na Praia do Pinho em Balneário Camboriú


Divulgação

O vereador Anderson dos Santos (Podemos), de Balneário Camboriú, Santa Catarina, protocolou um projeto de lei e propõe acabar com a prática de nudismo na praia do Pinho.

A proposta protocolada em 15 de julho já causa bastante polêmica e repercussão.

Uma das justificativas do legislador é que o naturismo deixou de ser prioridade no local, e os moradores das redondezas denunciam uso de drogas e cenas de sexo explícito.

O protocolo do vereador é um PLC projeto de Lei Complementar e sugere mudanças no Plano Diretor do Município tornando a praia de acesso livre e gratuito para toda a população.

"Esta praia não está mais atraindo o público específico de outrora que movimentava um turismo considerável à cidade e à região, cabendo, portanto, que se altere sua atual".

A praia do Pinho é considerada a primeira praia de naturismo do Brasil atraindo adeptos da prática desde 1983.

A Federação Brasileira de Naturismo reagiu e faz um abaixo-assinado on-line contra o projeto legislativo. "É uma grande perda porque é a primeira praia naturista e que ficou conhecida mundialmente e ainda hoje atrai turistas do mundo todo para conhecer a Praia do Pinho. O que falta é policiamento e limpeza por parte dos órgãos públicos, os quais já foram solicitados por diversos ofícios. Se a praia do Pinho não for mais naturista haverá policiamento e limpeza? Se houver, significa que os direitos não são iguais para todos e que o poder público está discriminando os naturistas." 

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Política
Últimas notícias de Política