Política

Bolsonaro assina MP que destina R$ 700 milhões para cidades atingidas pelas chuvas

Dessa verba, R$ 200 milhões serão destinados a ações de segurança alimentar e nutricional


Foto: Governo da Bahia

PUBLICIDADE

O Presidente Jair Bolsonaro (PL) assinou uma Medida Provisória (MP) nesta sexta-feira (31) para liberar R$ 700 milhões ao Ministério da Cidadania com o objetivo de atender as pessoas nas áreas atingidas pelas chuvas na Bahia e em Minas Gerais. O texto foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União de hoje.

Dos R$ 700 milhões, R$ 200 milhões serão destinados a ações de segurança alimentar e nutricional, enquanto os R$ 500 milhões restantes vão para o programa de "Proteção Social no âmbito do SUAS (Sistema Único de Assistência Social), conforme indica a MP. O governo não citou qual fatia da verba será entregue a cada estado.

"A medida visa o enfrentamento das consequências das fortes chuvas que acometeram diversas regiões do Brasil, principalmente os Estados da Bahia e de Minas Gerais, que deixaram milhares de pessoas desabrigadas ou desalojadas", explica a nota da Secretaria-Geral da Presidência.

Por se tratar de crédito extraordinário, o valor não é computado dentro dos limites do teto de gastos.

O presidente virou alvo de criticas na última semana por não ir presencialmente nas cidades atingidas pelas chuvas. Ao invés disso, protagonizou cenas de lazer em Santa Catarina. A ausência dele na linha de frente das ações fez a hashtag #BolsonaroVagabundo entrar na lista de "assunto do momento" do Twitter.

Os estragos causados por fortes chuvas já mataram 25 pessoas na Bahia e deixaram mais de 37 mil desabrigadas em mais de 130 municípios. Em Minas Gerais, foram confirmadas seis mortes pela Defesa Civil do estado. 

TV Cultura

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Política
Últimas notícias de Política