Cascavel

Rapaz é esfaqueado na rotatória da Unioeste

Ele foi encaminhado ao HU em estado grave

09/01/2013 04h43 | Atualizado em 09/01/2013 16h20
Um rapaz, identificado apenas como Marcos, foi atendido nesta madrugada (09) por socorristas do Siate, vítima de ferimento por arma branca. Ele foi esfaqueado na avenida Carlos Gomes, na rotatória em frente da Unioeste. Marcos foi atingido por um golpe de faca no pescoço e os policiais militares suspeitam que a agressão tenha ocorrido durante assalto, porque nas proximidades havia um relógio abandonado.

Marcos foi atendido no local também pelo médico do Siate devido à grande perda de sangue. Ele foi encaminhado ao Hospital Universitário em estado grave, mas sem riscos de morrer.

No local, um dos suspeitos foi detido. Antonio Ferreira da Rosa Júnior, 19 anos, não tem passagens pela polícia. Segundo os PMs, ele estava apenas acompanhando Luis Carlos Giasson, 19 anos e Edimar Vicente Bernardo, 22 anos, mas deve entrar como co-autor da tentativa de homicídio.

Os policiais informaram à reportagem que Luis Carlos tem diversas passagens pela polícia e é acusado de ter esfaqueado Marcos. Edimar teria participado escondendo a arma do crime. Depois de registrada a ocorrência no 6º BPM, o trio foi encaminhado à 15ª SDP que vai conduzir as investigações.

Os policiais militares chegaram ao local graças à queixa de um morador sobre a algazarra promovida na praça da rotatória da Unioeste. Ele chamou a polícia porque quando foi pedir aos baderneiros para abaixar o som, foi ameaçado e inclusive agredido.

O morador reclama que o local onde os acadêmicos esperam os ônibus está servindo de ponto de encontro de usuários de drogas e local de consumo de bebida. Em plena terça-feira, foi possível verificar diversas latinhas de cerveja e até uma garrafa de Uisque que foi abandonada no local.

Redação catve.tv / Cascavel