Dezesseis estrangeiros estavam enclausurados em fábrica de cigarros clandestina

Operação desencadeada hoje tinha alvos em Cascavel, no Paraná.

19 de outubro de 2021 | 16h46 | Atualizado há 45 dias

PUBLICIDADE
Dezesseis trabalhadores estrangeiros, possivelmente paraguaios, foram encontrados nesta terça-feira (19) durante a Operação Tavares.

Eles estavam em uma fábrica de cigarros clandestina no município de Triunfo (RS). Os estrangeiros estavam escondidos no subsolo da fábrica, em uma espécie de bunker, um reduto onde permaneciam enclausurados.

A descoberta do local ocorreu no início da tarde. O esconderijo é acessado através de um elevador hidráulico. As vítimas foram resgatadas.

Imagens divulgadas pela Polícia mostram o acesso ao local


Além do contrabando e falsificação de cigarros, a Operação Tavares, investiga a organização criminosa por cooptar cidadãos paraguaios para trabalharem na produção clandestina de cigarros em condições análogas à escravidão. Mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Cascavel, no Paraná.

Os investigados de Cascavel são caminhoneiros que transportavam os cigarros do Rio Grande do Sul. A polícia informou que um mandado de prisão temporária foi cumprido e outros dois de busca e apreensão. Um dos suspeitos não foi encontrado.

Ao chegarem ao Brasil, os estrangeiros tinham os celulares apreendidos pelos líderes do grupo e eram levados à "fábrica", de onde não poderiam sair até o fim do ciclo de produção.




com assessoria
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

NOTÍCIAS RELACIONADAS


VEJA TAMBÉM

<