Rapaz se recusa a tirar foto e é assassinado a facadas em Guaraniaçu

Valdair Aparecido Domingues era agente da Defesa Civil e bastante conhecido em Guaraniaçu

25 de dezembro de 2019 | 00h05 | Atualizado há 224 dias

PUBLICIDADE
Um homicídio motivado por discussão banal chocou moradores de Guaraniaçu, Oeste do Paraná, na noite de natal terça-feira (24).

Valdair Aparecido Domingues de Jesus, 43 anos, conhecido como Matosso, foi assassinado a facadas na Praça Central da cidade, Avenida Manoel Ribas. O autor do crime permanece foragido.

Conforme informações apuradas pela Polícia Militar, o crime motivado após o rapaz se negar tirar uma foto junto a familiares do autor.

Com a recusa, o suspeito do crime passou a discutir com a vítima e desferiu diversos golpes com uma faca pequena. Matosso foi atingido por pelo menos oito facadas e morreu antes da chegada do socorro.

O local foi isolado pela Polícia Militar até a chegada do Instituto de Criminalística. O corpo do rapaz foi encaminhado ao IML (Instituto Médico-Legal) de Cascavel. Ainda conforme a PM, o autor do homicídio fugiu e até o momento não foi localizado. A família do suspeito informou às autoridades policiais que ele deve se apresentar após passar o período de flagrante. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Matosso era bastante conhecido em Guaraniaçu e trabalhava na Defesa Civil do município. Familiares e amigos usaram as redes sociais para lamentar a morte do rapaz.
Redação Catve.com
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

NOTÍCIAS RELACIONADAS


VEJA TAMBÉM