Trnsito

Educador Social preso por dirigir embriagado é afastado das funções

Ele estava com o carro da prefeitura e bateu no bairro Alto Alegre no sábado (01)


O educador social da Secretaria de Assistência Social da prefeitura de Cascavel detido por embriaguez ao volante na noite de sábado (01), na região do Bairro Alto Alegre, em Cascavel, está afastado das funções. Nesta segunda-feira (03) iniciam os trâmites do Processo de Sindicância para apurar a conduta do servidor público. A secretaria de Assistência Social em que o servidor é lotado, deve encaminhar ainda hoje os documentos para o Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura. O Secretário da pasta, Hudson Moreschi Jr, que a abertura do processo deve acontecer ainda está semana. De acordo com ele, o servidor que teve o nome preservado, conta com dois agravantes. O homem, além de estar dirigindo sobre o efeito de álcool, não estava no plantão, o carro deveria ter sido devolvido às 20 horas. O acidente ocorreu às 21h40. O carro é do Centro Pop e o servidor trabalha no serviço de abordagem social. Como o homem não estava de plantão ele não poderia estar com o veículo. A prefeitura também se posicionou sobre o caso, por meio de nota, sustentando a versão do Secretário. "Haverá sindicância para apurar os fatos, uma vez que o horário de trabalho tinha terminado às 20h e o servidor, educador social, que trabalha no Centro Pop no serviço de abordagem social não estava de plantão e não poderia estar com o veículo", diz a nota. De acordo com as informações, o veículo Gol seguia na Rua Flamboyant na preferencial, quando o Spin da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social avançou na Rua Publio Pimentel, e colidiu no Gol. A Polícia Militar foi acionada no local do acidente. O veículo Spin trabalha para o plantão da assistência social de Cascavel. O teste do etilômetro realizado no condutor da Spin acusou 1.06 miligramas de álcool por litro de ar expelido. O condutor foi detido, levado para a 15ªSDP de Cascavel e liberado após pagar fiança. O veículo será recolhido ao pátio do 6ªBPM por estar com o licenciamento atrasado. "Quanto a documentação do veículo, a pendência verificada faz parte de um grupo residual de veículos que foram comprados ainda em 2018 e que estão em processo final de regularização", afirma a nota. O secretário afirmou que ainda na segunda-feira (03), os documentos serão regularizados e o carro retirado do pátio.

Redação Catve.com

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Trnsito
Últimas notícias de Trnsito