Irregularidade de chuvas continua atrasando o cultivo da soja

Em Toledo, tem agricultor tendo que fazer o replantio do grão

02 de dezembro de 2020 | 19h21 | Atualizado há 89 dias

PUBLICIDADE
2020 tem sido um ano atípico para a agricultura paranaense. O motivo já é conhecido: a irregularidade de chuvas. Fator climático que atrasou o plantio da soja, por exemplo, e ainda compromete as condições das lavouras.

De acordo com o departamento de economia rural do Paraná, 2% de toda a área de plantio da soja terá que ser replantada no Oeste. É o que em uma propriedade. A soja foi plantada no segundo semestre de outubro. Bem ao lado do asfalto, ela recebeu mais água e por isso cresceu, ficou bonita. Mas logo ao lado, a planta recebeu menos água e por isso não se desenvolveu.

Na propriedade do Celso, a área de plantio é de 260 hectares. Ele mostra que pelos 5% da lavoura terá que ser replantada. Trabalho que começou a ser feito há poucos dias.

Mas a precipitação de chuvas ainda é pouca e deve interferir nas projeções para a colheita. Na região de Toledo, desta vez a área de plantio aumentou, mas a safra não deve ter o mesmo resultado recorde do ano passado.
EPC
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM