Cotidiano

Mais dois casos de varíola dos macacos são confirmados em Londrina

Os dois casos são de um homem de 27 e mulher de 41 anos


Imagem de Capa

Foto: Ilustrativa/Prefeitura de Londrina

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou, no final da tarde desta terça-feira (16), que mais dois casos de varíola dos macacos foram confirmados em Londrina. Um dos pacientes que recebeu o diagnóstico positivo é do sexo masculino e tem 27 anos de idade, e a outra pessoa é uma mulher de 41 anos.

Ambos estão cumprindo o período de isolamento em seus domicílios, sem necessidade de internação, sendo monitorados pela SMS. Os dois haviam procurado atendimento na rede privada de saúde, e os exames colhidos foram enviados ao Laboratório Central do Estado (Lacen), em Curitiba, e encaminhados de lá para o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, que realizou a confirmação.

Com isso, Londrina passa a contabilizar três casos positivos da doença, sendo que o primeiro foi divulgado nesta manhã. Ao todo, a cidade registra 18 notificações, das quais 13 estão em análise, uma foi descartada e um exame resultou inconclusivo.

Transmissão - A transmissão da varíola dos macacos entre humanos acontece, principalmente, por meio de contato pessoal com lesões na pele ou fluidos corporais de uma pessoa infectada, ou objetos contaminados por pessoas já infectadas.

A infecção causa erupções na pele que geralmente se desenvolvem pelo rosto e depois se espalham para outras partes do corpo. A pessoa infectada só deixa de transmitir o vírus quando as crostas desaparecem da pele. Além das erupções na pele, os principais sintomas são febre, seguido de adenomegalia (gânglios inchados) e dores (muscular e cefaleia).

Caso ocorra o aparecimento de sintomas, a pessoa deve procurar imediatamente uma unidade de saúde, seja da iniciativa privada ou pública, para que um profissional possa fazer a avaliação e a condução correta do caso.

Prefeitura de Londrina

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Cotidiano
Últimas notícias de Cotidiano