Falta de aparelho do HU sai de pauta e assunto será discutido só no próximo mês

Um paciente morreu enquanto aguardava para fazer um cateterismo

26 de novembro de 2020 | 16h10 | Atualizado há 51 dias

PUBLICIDADE
Na pauta desta quinta-feira (26), da reunião Ordinária do Conselho Estadual de Saúde do Paraná (CES /PR), estava a discussão sobre o problema envolvendo o aparelho de hemodinâmica do Hospital Universitário de Cascavel.

O Conselho Municipal de Saúde de Cascavel solicita a discussão desde o dia 28 de outubro, o problema é que novamente o assunto não foi debatido durante o encontro que é realizado de forma virtual.

Foram feitos pedidos de vistas e a previsão é de que o assunto entre em pauta daqui 30 dias.

O único aparelho disponível no hospital para fazer o procedimento não funciona desde março, segundo a direção, o custo para comprar outro chega a R$ 3,5 milhões.

No dia 16 de novembro, um paciente internado há 29 dias na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Universitário morreu enquanto esperava pra realizar um cateterismo, a família chegou a procurar a CATVE para denunciar a espera.

O ofício encaminhado pelo conselho aponta que em Francisco Beltrão, existe um aparelho que não está sendo utilizado há mais de três anos, a solução apresentada seria trazer o equipamento para Cascavel.

De acordo com o Presidente do Conselho, Elton José Munchen , em média 57 pacientes eram atendidos por mês com o equipamento.

A Secretária de Saúde do Estado foi procurada e ainda não se manifestou sobre o assunto.
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM