Cascavel

Uso excessivo de agrotóxicos preocupa cascavel e região

Dados da 10ª regional de saúde mostram os casos de intoxicação por agrotóxico agrícola

08/11/2019 14h34 | Atualizado em 08/11/2019 15h36
Os agrotóxicos estão presentes na maior parte dos alimentos que consumimos. A aplicação desses produtos é necessária para o controle de pragas e maior produtividade. Mas, de acordo com os setores da saúde, os riscos ao ser humano são grandes, tanto para quem lida diretamente com os produtos, quanto para quem consome.

Dados da 10ª regional de saúde mostram os casos de intoxicação por agrotóxico agrícola nos municípios que fazem parte da regional. Os números são dos casos de 2015 até este ano, por exemplo, em Anahy, foram 2 casos em 2015, um em 2016. Em 2017 não houve registro. Já em 2018 foram 2 e neste ano, até o momento, já são 3 casos registrados.

Cascavel teve 30 em 2015, no ano seguinte, 26, depois subiu para 29 em 2017, caiu para 16 no ano passado e até o momento em 2019 são 11, totalizando 112.

Nesta mesma comparação, Corbélia registrou 12 casos. Em Santa Sereza do Oeste, foram 16 de 2015 até agora.

Esses números são dos casos que chegaram a conhecimento dos órgãos de saúde e foram registrados. Mas a regional estima que a realidade é de muito mais ocorrências, porém, elas acabam não sendo registradas.

Para evitar os problemas de saúde causados pelo uso excessivo dos produtos químicos, em Cascavel autoridades já realizaram audiência pública para discutir o assunto, além da geração de documentos que comprovam as consequências dessa prática.

Segundo a promotoria de justiça da área de proteção à saúde pública, no momento são dois enfrentamentos: em relação aos agrotóxicos aplicados nas lavouras e grandes produções, e outra que inicialmente é a principal, voltada à aplicação em verduras e legumes.

Além de propor o uso controlado e o mínimo possível para reduzir os riscos à saúde, a ideia é também é evitar o contrabando dos agrotóxicos, principalmente na nossa região que é fronteiriça.

JC1



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.