Bolsonaro nega congelamento de aposentadorias e desiste do Renda Brasil

Anúncio foi feito através de um vídeo publicado nas redes sociais nesta terça-feira (15)

15 de setembro de 2020 | 17h07 | Atualizado há 4 dias

PUBLICIDADE
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) divulgou nesta terça-feira (15) um vídeo nas redes sociais contrariando notícias recentes de que o Ministério da Economia estaria estudando congelar aposentadorias e cortar benefícios sociais de idosos e deficientes pobres para financiar o programa Renda Brasil.

Além de negar o congelamento e o corte, Bolsonaro também proibiu a discussão sobre o programa social que deveria substituir o Bolsa Família, criado durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O chefe do Executivo ainda afirmou que qualquer pessoa que propusesse essa medida receberia um "cartão vermelho". "Até 2022, no meu governo, está proibido falar a palavra (sic) Renda Brasil. Vamos continuar com o Bolsa Família e ponto final", declarou.
Redação Catve.com
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM