Futebol: Operário demite Gerson Gusmão após derrota para o Cruzeiro

Treinador estava no comando do Fantasma há mais de quatro anos

21 de outubro de 2020 | 04h41 | Atualizado há 35 dias

Foto: José Tramontin/Operário
PUBLICIDADE
A diretoria do Operário Ferroviário anunciou, na noite de terça-feira (20), a demissão do técnico Gerson Gusmão, que estava à frente do Fantasma há mais de quatro anos. A queda do treinador ocorre após derrota por 1 a 0 para o Cruzeiro, em partida disputada no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa.

"A diretoria do grupo gestor do Operário Ferroviário comunica que Gerson Gusmão não é mais o técnico da equipe. O clube agradece ao profissional pelos serviços prestados e por todas as conquistas durante os mais de quatro anos no comando da equipe e deseja sucesso na sequência da carreira", informou a diretoria do Fantasma, em nota.

O Operário ocupa o 10° lugar na Série B do Campeonato Brasileiro, com 22 pontos. Contudo, apesar da posição intermediária na tabela de classificação, a equipe vinha de duas derrotas consecutivas - além do revés para o Cruzeiro, havia sido goleado por 4 a 1 pelo CRB, no último sábado (17). O Fantasma tinha apenas uma vitória nos últimos cinco jogos, o que custou o cargo do treinador.

Gusmão assumiu o comando do Operário em março de 2016, após um ano como auxiliar do então técnico Itamar Schülle. Ele era o treinador que estava há mais tempo no cargo entre os clubes das séries A, B e C do Brasileirão.

Com Gerson Gusmão, o Fantasma foi campeão brasileiro da Série D, em 2017, e da Série C, em 2018. Além disso, o clube ponta-grossense conquistou os títulos da Taça FPF sub-23, em 2016, e da Segunda Divisão do Campeonato Paranaense, em 2018.
Redação Catve.com
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM