Policial

Adinei Rotta alega legítima defesa na audiência de instrução

Juiz revogou a prisão do acusado


O promotor Alex Fadel deu detalhes da audiência de instrução do caso do homicídio do Gabriel Baiça. Ele afirma que o réu alegou legítima defesa.

O juiz da 1º Vara Criminal, Marcelo Carneval, revogou a prisão do Adinei Rotta e ele responderá em liberdade. Audiência foi realizada na 1ª Vara Criminal de Cascavel e iniciou 13h30. Entre as testemunhas ouvidas Vitória Blenda Beloni (esposa de Baiça), amigo do Gabriel que estava junto no carro e o segurança da lanchonete. 

SOBRE O CASO

Gabriel Gomes Baiça morreu na madrugada de segunda-feira (23/05) após ser esfaqueado durante discussão na fila do drive-thru do McDonald's localizado na Avenida Brasil, no Centro de Cascavel.

A vítima e o réu aguardavam na na fila quando aconteceu o crime na noite de domingo (22/05). De acordo com o Siate, ele tinha como principal ferimento uma perfuração no tórax.

O rapaz chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital Universitário, mas morreu na madrugada da segunda-feira (23/05) depois de dar entrada no pronto-socorro.

Adinei fugiu em uma Mitsubishi Pajero de cor branca.

Redação Catve.com


** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais lidas de Policial
Últimas notícias de Policial