Agro

Corredor de exportação de Paranaguá tem novo recorde de 12,9 milhões de toneladas

O volume acumulado em sete meses é o maior já registrado pelo complexo


Imagem de Capa

Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná

Os operadores do Corredor Leste de Exportação do Porto de Paranaguá (Corex) movimentaram 12.975.534 toneladas de granéis vegetais de janeiro a julho. O volume acumulado em sete meses é o maior já registrado pelo complexo e constitui um novo registro histórico. A marca anterior era de 2020, quando 12.924.748 toneladas foram embarcadas no período.

Até julho, os terminais que integram o Corex embarcaram 7.683.434 toneladas de soja em grão, 2.994.725 toneladas de farelo de soja, 2.266.736 toneladas de milho e 30.640 toneladas de trigo. Em 2022, no mesmo período, os embarques reuniram 6.576.387 toneladas de soja em grão, 2.900.373 toneladas de farelo, 1.859.824 toneladas de milho e 32.895 toneladas de trigo.

O diretor de operações da Portos do Paraná, Gabriel Vieira, destaca a movimentação nos sete primeiros meses deste ano. "As movimentações intensas de grãos neste ano levaram o Corredor de Exportação de Paranaguá a registrar o maior volume acumulado em sete meses da história", ressalta.

JULHO

Somente em julho deste ano foram movimentadas 1.875.128 toneladas. O milho foi destaque, com 352.297 toneladas. Ele voltou a ser embarcado pelo Corex depois de um intervalo de três meses. Na comparação ano a ano, a alta foi de 42,7% com o produto em relação às 246.747 toneladas de julho de 2022. No mesmo mês foram embarcadas 1.522.831 toneladas de soja em grão e farelo.

A média diária de embarque de grãos pelo complexo chegou a 62.504 toneladas em julho deste ano, enquanto no ano anterior foi de 59.058 toneladas/dia. O aumento foi ainda maior na balança dos dias produtivos na operação portuária. Quando chove as movimentações de granéis sólidos são paralisadas por falta de condições climáticas.

Em julho de 2022, foram 4,3 dias de chuva, enquanto no mesmo período deste ano foram 8,4 dias. Considerando somente os dias produtivos (21,6 dias), a média de produção dos berços chegou a 86.805 toneladas/dia em julho de 2023. "Isso é o que chamamos de produtividade líquida, ou seja, sem contar os dias de paralisação por chuva", afirma Vieira.

CORREDOR

Os embarques do Corredor Leste de Exportação do Porto de Paranaguá são realizados por três berços: 212, 213 e 214. Foram 30 navios carregados em julho, contra 33 de julho de 2022. O berço que mais produziu no embarque foi o 213: 12 navios e 788.415 toneladas de carga.

No complexo, operam interligados por correias transportadoras os silos públicos (vertical e horizontais) operados pelos integrantes da Associação dos Operadores Portuários do Corredor de Exportação (AOCEP); AGTL; Cargill; Cimbessul; Centrosul; Coamo; Coamo II; Cotriguaçu; Interalli; Louis Dreyfus; e Rocha.

AEN-PR

PUBLICIDADE

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Agro
Últimas notícias de Agro