Esporte

Reviravolta? FC Cascavel diz que aceita pedido de adiamento do jogo com Rio Branco

A partida poderá acontecer em outra data


Imagem Assessoria

PUBLICIDADE

Está nas mãos da Federação Paranaense de Futebol a realização do duelo entre FC Cascavel e Rio Branco, mas não neste sábado (22) conforme estava previsto pelo departamento de competições da entidade. A partida poderá acontecer em outra data. 

O presidente do Cascavel, Valdinei Silva, confirmou à redação do Portal Catve.com que o clube está disposto a aceitar uma nova data para o confronto. Isso seria possível caso o Rio Branco faça o pedido oficial à FPF e a entidade aceite o pedido. 

"Ano passado tivemos um problema com surto de COVID-19 e pedimos o bom senso para adiamento da partida com o Athletico. Não foi o que aconteceu. Não queremos para os outros o que não queremos para nós. Montamos um clube para ganhar jogando e não por W.O", disse Valdinei. 

Caso o adiamento seja efetivado, o jogo entre FC Cascavel poderia ser realizado na próxima segunda-feira (24) no Estádio Olímpico Regional. O horário ainda não foi revelado. 

"O Rio Branco nos consultou e não temos nenhuma oposição ao adiamento. O futebol foi feito para ser jogado. É um evento esportivo que vai além do campo, envolve patrocinador, torcida, entre outras coisas. Por hombridade, pelo negócio chamado futebol, estamos de acordo", finalizou o presidente do FC Cascavel. 

A diretoria do Rio Branco ainda não retornou nossos contatos. O time chegou em Cascavel na quinta-feira (20) e após problemas nas inscrições dos atletas decidiu retornar para Paranaguá na manhã deste sábado (22). A segunda rodada do Paranaense está agenda para o meio da próxima semana, ou seja, o intervalo de um partida e outra, caso o adiamento seja aceito, seria de 48 horas.

Em nota emitida pela direção o clube disse que foi traído por escritório terceirizado e lamenta não entrar em campo.

"Estamos profundamente tristes porque deslealmente fomos derrotados sem poder jogar. Particularmente estou vivendo um pesadelo, sem dúvidas o dia mais triste da minha vida no futebol. Nossos torcedores, atletas, comissão técnica e colaboradores não merecem passar por isso, pelo tanto que trabalham no dia a dia no clube, por aquilo que são como pessoas e pelo respeito que cada um tem pela instituição. A vocês profissionais de imprensa, afirmo que, em hipótese alguma, eu quis ocultar alguma informação de vocês; quem me conhece sabe como eu sou e sabe também da verdade que existe em mim, do profundo respeito e carinho que tenho por todos vocês, o tempo mostrará isso. Reconheço o tanto que vocês trabalham, dignamente, - em um momento tão difícil que o país vive -, para levarem informações do clube ao nosso querido torcedor.

Por favor nos desculpem!

Manifesto o meu apoio incondicional ao presidente Brayan Roque que foi enganado e traído por um escritório terceirizado, escritório esse que irresponsavelmente nos fez acreditar até o último minuto do prazo de inscrição; criando em nós a certeza de que tudo daria certo, depois covardemente desapareceu sem nos dar qualquer tipo de explicação. Pedimos desculpas também ao FC Cascavel e seus torcedores, o que mais queríamos era poder trabalhar na noite de hoje e dar vida a um espetáculo chamado: jogo de futebol. Resta-nos enfrentar esse momento difícil, superar essa dor e levantar a cabeça. Já assumimos um compromisso entre todos nós e vamos dar a volta por cima para honrar a centenária camisa do Rio Branco Sport Club."

Redação Catve.com

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Esporte
Últimas notícias de Esporte