Cascavel

Familiares de acusado de duplo homicídio repudiam crime nas redes sociais

Mãe e filha de 10 meses foram encontradas mortas em um quitinete na Avenida Carlos Gomes

11/09/2019 20h23 | Atualizado em 11/09/2019 22h04
O duplo homicídio registrado em Cascavel na tarde de quarta-feira (11) na Avenida Carlos Gomes, deixou a população em choque.

A situação triste afeta principalmente os familiares, não somente das vítimas, mas também do acusado de cometer o crime.

No uso de uma rede social, uma familiar do jovem preso em flagrante deixou sua indignação.

Ela afirma que nenhum pedido de desculpas pode amenizar o que a família das vítimas estão sentindo.

"Nós repudiamos os atos do nosso "familiar" quanto a morte da mulher e da bebê. É triste, horrível, nojento, é doentio o que aconteceu e sentimos muito. Por favor mandem forças a família das vítimas pois elas precisam, mas nós como família do criminoso também estamos em choque e precisamos de apoio."

Ela ainda afirma que eles não compactuam com o crime.

"Eu peço desculpas em nome da família e lembrando mais uma vez que obviamente não compactuamos com esse crime horrendo."

LEIA O POST:

"Nenhum pedido de desculpas pode amenizar a dor que a família está sentindo e eu sinto muito por isso. Mas como parte da família é minha OBRIGAÇÃO me impor e dizer com todas as letras:

Nós repudiamos os atos do nosso "familiar" quanto a morte da Mulher e da bebe.

É triste, horrível, nojento, é doentio o que aconteceu e sentimos muito. Por favor mandem forças a família das vítimas pois elas precisam, mas nós como família do criminoso também estamos em choque e precisamos de apoio.

Foi pedido para que eu me calasse e não assumisse que somos parentes, mas é minha obrigação como ser humano me impor.

Eu já acolhi essa pessoa em minha casa, onde comia e até dormia no meu quarto. Toda essa situação é dolorosa para ambos os lados. Para a nossa família que está horrorizada, pois ninguém espera que isso aconteça dentro do seu ciclo familiar e da família da vítima, pois perderam duas pessoas amadas, especiais e que não mereciam esse fim. Ninguém merece esse fim.

Mas uma vez vemos um caso de feminicídio e ninguém se pronuncia. Duas mulheres, uma adulta e uma bebê que completaria 10 meses. É desesperador.

Eu peço desculpas em nome da família e lembrando mais uma vez que obviamente não compactuamos com esse crime horrendo.

Peço compreensão de todos, obrigada.".


SOBRE O CASO

Silvia Caroline França de 25 anos e Ana Lis França de 10 meses foram encontradas mortas em uma quitinete.

Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas foram mortas por estrangulamento. O acusado também usou uma faca para ferir a mulher.

Após ação rápida da Rocam o suspeito foi identificado e localizado na casa mãe. Ele foi encaminhado à 15ª SDP (Subdivisão Policial) de Cascavel e prestou depoimentos na Delegacia de Homicídios ainda no período da noite.

Redação Catve.com



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.