Curitiba

Secretário de Saúde do Estado fala sobre falta de medicamentos no HU de Cascavel

Secretário confirma a falta de medicamentos na unidade hospitalar

04/06/2019 14h20 | Atualizado em 04/06/2019 15h17
O Secretário de Saúde, Beto Preto também falou sobre a falta de medicamentos aqui no hospital.

Jorge Guirado: "Vocês estão se apegando muito na questão do atraso da lavanderia, no atraso do pagamento dos médicos, no atraso dessas alas, mas está faltando medicamento aqui. A gente não pode nem receber, por exemplo, pessoal que tem meningite porque não tem medicamento e vai morrer gente. Ai a nossa preocupação e por isso esse nosso contato com o senhor para saber a posição da Secretaria de Saúde e saber também, já que o senhor falou que isso aí não é da Secretaria de Saúde, vai ter que tratar com a universidade sobre essas obras que estão paradas. Como é que isso funciona na prática? "

Beto Preto: "É que nós temos aqui no nosso orçamento recursos de custeio para o hospital e também recursos que são passados para a folha de pagamento. Essa é uma discussão que nós temos que fazer. O contingenciamento de recursos junto à Secretaria de Fazenda ela é uma questão que todos os anos acontece e nós estamos trabalhando firmemente ao lado dos hospitais, diretores de hospitais, do lado dos reitores para que a Secretaria Estadual da Fazenda possa ir liberando esse recurso. Tanto é que já liberamos este ano muito mais do que houve no ano passado.

Porém, isso também não é explicação nenhuma. Nós temos que resolver essa questão da falta de medicamentos. Você tem razão. Faltam medicamentos, alguns, mas faltam. Então para que esse nível crítico, esse estoque crítico possa ser sanado, nós temos que resolver. Então estamos vendo aqui com a nossa equipe se temos alguns medicamentos nessa lista faltante aqui no CEMEPAR. Queremos já elencar isso, amanhã já vamos trabalhar nisso, para tentar disponibilizar ao hospital o mais rápido possível.

E a questão da lavanderia depende mais do próprio hospital, da Unioeste do que da Secretaria de Saúde do Estado. Os recursos do orçamento para a Unioeste e HU de 2019 estão todos garantidos, nenhum centavo vai faltar, mas eu também tenho uma preocupação. Eu sou médico e se você trabalha, médico vai lá enfrenta o plantão, enfrenta toda a dificuldade que é, independentemente de ter o recurso pessoal ali disponível, ele vai lá e também dá sua força para que as coisas possam acontecer. O salário não pode atrasar, tem que ser pago. Trabalhou tem que pagar, tem que receber.

Então essas questões todas eu acho que está faltando lá. Talvez uma discussão mais forte, mais firme de planejamento. Já nossa equipe irá fazer uma revisão total do contrato que existe entre a Secretaria de Saúde do Estado e o próprio Hospital Universitário. Queremos ver a possibilidade de ampliar o que for possível ampliar e adequar o que for possível adequar.

Agora é um compromisso nosso, do Governador Ratinho Junior em que nós possamos apoiar os hospitais dentro de uma relação direta, olho no olho, e virando uma página política do Paraná. Nós temos uma situação no Paraná hoje de propor novos caminhos e, propor novos caminhos é insistir na questão de planejamento para que nós possamos gastar melhor o dinheiro do paranaense. Eu não estou dizendo que o hospital não gasta bem, eu só quero que o hospital se planeje melhor, assuma com nós alguns compromissos e que nós possamos juntos aí fazer a caminhada e ampliar ainda mais o trabalho deste importante hospital.

Vou dizer, temos importantes obras para fazer aí no hospital, você Jorge já falou, mas eu quero te dizer uma coisa, o tijolo não atende ninguém, saco de cimento não atende ninguém o que atende é o ser humano que está ali, o médico, o enfermeiro, o técnico de enfermagem, o recepcionista, o vigia, esses sim, eles têm que estar motivados para atender as pessoas e saber que no final do mês vai ter o dinheiro, que se precisar passar o medicamento específico vai estar à disposição. Isso tudo nós queremos fazer do melhor para a população de Cascavel que merece.

Uma bela cidade, estivemos aí duas vezes neste mandato, sempre bem recebidos e temos certeza que nosso prefeito Paranhos, que está fazendo um excelente trabalho na saúde, um dos poucos municípios do Paraná, se não me engano, de grande porte que alcançou 100% da vacinação da população alvo da vacinação contra gripe. Então o trabalho está sendo realizado, mas nós temos que ajudar no que for possível dentro de um acordo de como gastar melhor o dinheiro".

EPC



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.