Ex-namorada de Paulo Gabriel Teixeira é suspeita de auxiliar crime, diz GDE

Ela passava informações a uma facção criminosa que Paulo teria roubado carga de cocaína

23 de setembro de 2021 | 10h19 | Atualizado há 22 dias

PUBLICIDADE
A Polícia Civil falou sobre operação contra suspeitos de latrocínio, na manhã desta quinta-feira (23), em Cascavel.

Foram cumpridos cinco mandados de prisão e e três de busca e apreensão, referente a uma investigação que iniciou em maio deste ano, quando um rapaz e a mãe foram alvejados na própria casa.

Paulo Gabriel Teixeira morreu no local e a mãe ficou ferida. Ao todo seis pessoas foram identificadas como participantes, inclusive uma delas é a ex-namorado dele.

De acordo com a Delegada Chefe do GDE, Dra. Anna Karyne Turbay Palodetto,"houve supostamente o roubo/furto de carga de cocaína no começo desse ano e pertencia a um grupo criminoso, o qual começou a suspeitar do Paulo Gabriel Teixeira. E houve uma coincidência de ações em que duas meninas foram suspostamente agredidas e auxiliaram na trama para indicar onde ele morava e onde as drogas e armas estariam ".

Os quatro homens foram até a casa para roubar dinheiro, arma e uma parte da carga de droga. Durante a ação criminosa, a vítima tentou tirar a arma de um dos assaltantes, quando foi alvejada, a mãe entrou na frente para proteger o filho e ficou ferida.

Dra. Anna Karyne ainda informou que havia um suposto apartamento em que estavam guardados os ilícitos. Até o momento as equipes da Polícia Civil não os encontraram.

As duas jovens presas confessaram que pessoas da facção criminosa entraram em contato com elas para saber a rotina de Paulo Gabriel Teixeira, inclusive a ex-namorada estava se comunicando com um dos suspeitos pelo celular quando ocorreu a ação.

A Delegada ainda contou que a vítima participava de um grupo de roubos.
Redação Catve.com
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM

<