Policial de folga evitou tragédia no Floresta, diz aspirante da PM

Militar, que é vizinho das vítimas, agiu rapidamente e conteve o agressor

28 de outubro de 2020 | 01h12 | Atualizado há 29 dias

PUBLICIDADE
O aspirante da Polícia Militar, Eduardo Delai, falou à imprensa sobre uma situação registrada no fim da noite de terça-feira (27), no Bairro Floresta, em Cascavel, a qual terminou com quatro pessoas feridas, três delas em estado grave. De acordo com o oficial, o episódio só não terminou em tragédia graças à intervenção de um policial de folga.

A confusão aconteceu em uma residência na Rua Curió. Segundo Delai, Três pessoas da mesma família terminaram feridas após o ex-namorado invadir o imóvel e tentar matar uma jovem de 19 anos. Ao tentar defendê-la, pai, mãe e o irmão, de 14 anos, entraram em luta corporal com o agressor, que também ficou gravemente ferido.

O aspirante contou que o policial militar, que mora na casa ao lado, estava de folga e percebeu a discussão, agindo rapidamente e contendo o invasor. Segundo o que foi apurado pela reportagem, o rapaz usava uma máscara no momento em que invadiu o imóvel e estava armado com um canivete e com um taser - arma de eletrochoque.

As três vítimas e o agressor foram atendidas por equipes do Siate e do Samu, sendo encaminhadas a unidades hospitalares da cidade. Conforme o Siate, a mãe e o irmão, assim como o ex-namorado, sofreram ferimentos considerados grave. Já o pai da jovem tinha ferimentos leves.

O oficial afirmou ainda que o rapaz pode responder por tentativa de homicídio. A Polícia Civil vai apurar o caso.
Redação Catve.com
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

NOTÍCIAS RELACIONADAS


VEJA TAMBÉM