PF apura atuação de doleiros em crimes contra o Sistema Financeiro

Ação, no Rio Grande do Sul, tem o apoio da Receita Federal

22 de outubro de 2020 | 10h55 | Atualizado há 34 dias

Foto: Polícia Federal
PUBLICIDADE
Crimes contra o Sistema Financeiro Nacional, cometidos por doleiros que atuam no Rio Grande do Sul em apoio a grupos criminosos, são o alvo da Operação Formigueiro, da Polícia Federal (PF), nesta quinta-feira (22).

Cerca de 40 policiais federais cumprem nove mandados de busca e apreensão: sete em Porto Alegre e dois no município gaúcho de Estância Velha. As ordens judiciais são executadas em escritórios e residências dos investigados, que estariam atuando informalmente na condição de negociadores de câmbio, o chamado dólar paralelo. Um dos inquéritos teve origem a partir da identificação de um doleiro, alvo da operação, que estaria atuando junto com contrabandistas de cigarros investigados em outra operação.

"O mercado ilegal de câmbio, além do prejuízo ao Sistema Financeiro Nacional (evasão de manutenção de divisas não declaradas no exterior) e à Ordem Tributária (sonegação), muitas vezes está ligado à lavagem de dinheiro e operações de descaminho e contrabando", explicou a PF.

Além de apurar crimes de atuação irregular no mercado de câmbio e evasão de divisas, a partir da coleta e da análise do material apreendido, poderão ser identificados outros crimes praticados pelos investigados. A ação de hoje conta com o apoio da Receita Federal.
Agência Brasil
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM