Angústia e sofrimento: avó de Tatiele fala sobre o desaparecimento

Ela desapareceu em Cascavel quando tinha 10 anos, em 2016

18 de setembro de 2020 | 13h48 | Atualizado há 37 dias

PUBLICIDADE
O desaparecimento de Tatiele Terra está prestes a completar 4 anos e durante esse tempo todo de investigação nenhuma pista levou ao encontro da menina.

No rosto da avó está estampada a tristeza e a saudade da neta.

Era tarde de 13 de dezembro, quando Tatiele saiu da casa da avó, no Bairro Universitário para ir buscar uma ferramenta na casa de um vizinho próximo e desde então nunca mais foi vista.

Nenhum vizinho viu a movimentação da menina e não há registro de câmeras de segurança.

A avó conta que a menina não tinha nenhum contato com estranhos e somente falava com familiares e não tem ideia do que possa ter acontecido.

A Polícia Civil de Cascavel deu início ao processo de investigação, mas devido à complexidade, o inquérito foi repassado ao Sicride, que serviço de investigação de crianças desaparecidas do Paraná criando em 1995.

A época dos fatos diversas hipóteses surgiram uma delas de que próprios familiares seriam responsáveis pelo desaparecimento da menina, mas nada se confirmou.

Sem uma resposta, a família segue na esperança de que a justiça seja feita.
JC1
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM