Filhos são detidos por manter a mãe idosa em situação de crueldade

Vítima debilitada estava em quarto com porta acorrentada e odor forte de urina e fezes

21 de julho de 2020 | 23h00 | Atualizado há 59 dias

PUBLICIDADE
Uma mulher de 52 anos e um homem de 47 anos, moradores do Bairro Vale do Sol em Foz do Iguaçu, foram detidos por equipe da Delegacia da Mulher, por manterem a mãe em situação de abandono e crueldade, no fim da tarde desta terça-feira (21).

Ao chegarem na casa onde a filha morava com a mãe, questionaram onde a idosa estava e a filha respondeu no quarto, quando então investigadores verificaram que a porta estava acorrentada e trancada com cadeado. Ao abrir a porta, a equipe se deparou com a idosa em situação bastante debilitada, aparentando extrema desnutrição, com forte odor de urina e fezes e defecada.

Ainda ao lado da residência da suspeita, polícias localizaram o filho da vítima, o homem de 47 anos, que informou não ser responsável pela idosa. No entanto, foi autuado pelo crime de expor a perigo a integridade física de idoso. Ele assinou termo circunstanciado assumindo o compromisso de comparecer em juízo.

Segundo as investigações, a filha era a responsável de prestar cuidados à idosa, inclusive, pelo recebimento da aposentadoria da mãe. Diante da extrema crueldade, debilitação da vítima e péssimas condições de higiene da idosa, ela foi encaminhada à UPA para atendimento hospitalar.

A Delegada da Delegacia da Mulher, Monica Ferracioli, ressalta que trata-se do segundo flagrante em um mês envolvendo idosos em extrema situação de abandono e crueldade. Esse tipo de trabalho é verificado e tratado com total cuidado e responsabilidade preservando a integridade destes idosos. Os filhos responderão pelos crimes de apropriação de proventos de idoso e expor a perigo a saúde de idoso.
Assessoria
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

NOTÍCIAS RELACIONADAS


VEJA TAMBÉM