Curitiba

Homem atira contra ex-esposa e depois tenta se matar na saída de escola

Os dois foram socorridos por uma ambulância do Siate e encaminhados para o hospital em estado grave

09/10/2019 21h39 | Atualizado em 10/10/2019 01h23
Foto: Daniela Sevieri/Banda B
Um homem, de 35 anos, atirou contra sua ex-esposa, de 32 anos, que estava acompanhada da filha, de aproximadamente 12 anos, e depois tentou se matar atirando contra si mesmo. O caso aconteceu no final da tarde desta quarta-feira (9), por volta das 17h, na rua Francis Bacon, no momento em que alunos saíam de um Cmei (Centro De Educação Infantil) nas proximidades, no Bairro Santa Cândida, em Curitiba.

O soldado Nonohay, da Polícia Militar, explica que a equipe estava em patrulhamento quando ouviram sons que pareciam ser disparos de arma de fogo e logo foram até o local. "A equipe estava em patrulhamento, quando ouviu quatro estampidos que pareciam de arma de fogo. Chegando no local vimos que haviam duas vítimas no chão e estavam perdendo muito sangue. Então pedimos apoio aos populares para realizar os primeiros socorros", afirmou o soldado que conseguiu imobilizar o pescoço do possível autor dos disparos e encontrou o revólver embaixo do seu corpo.

O local foi isolado e o sangramento das duas vítimas foi estancado. "Próximo a região que tinha a marca de sangue dele, vimos massa encefálica também. Isolamos o local ali, porque tinha muita gente, era bem na saída da escola. E logo conseguimos parar o sangramento de ambos", disse Nonohay.

Segundo Helenise Rosa dos Santos, moradora da região e que foi testemunha da ocorrência, o casal estava discutindo quando o homem atirou contra a mulher e apavorado, logo em seguida, disparou em direção a própria cabeça. "Eu saí na janela para ver se meu sobrinho estava chegando e vi aquele casal discutindo. De repente, escutei um barulho como se fosse uma bombinha estourando e na verdade era o primeiro disparo que ele deu na mulher, outros dois tiros vierem na sequência, quando ela caiu. Apavorado, o homem deu dois tiros na cabeça dele, que começou a sangrar muito", relatou a moradora que disse ainda que a filha da mulher entrou em desespero e tentava socorrer a mãe.

Outra testemunha, que não quis se identificar, afirma que o homem se aproximou dizendo que tinha um presente para a ex-esposa e que a adolescente que acompanhava a mãe tentou impedir os tiros. "Ele pegou ela pelo braço e falou que tinha um presente para dar. Ela respondeu que não queria presente nenhum dele, quando o homem pegou a arma e deu três tiros nela. Ela estava acompanhada da filha que gritava por misericórdia para o pai não fazer aquilo, mas com a mão esquerda ele segurava ela e com a direita ele atirou", disse a testemunha que havia acabado de buscar o filho na escola.

O casal estava separados depois de 12 anos juntos e a mulher teria uma medida protetiva contra o ex-marido, além do registro de dois boletins de ocorrência. Ela teria, inclusive, se mudado recentemente para fugir das ameaças do ex-marido.

Os dois foram socorridos por uma ambulância do Siate e encaminhados para o hospital em estado grave.

Banda B



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.