Policial

Polícia pede prisão preventiva de motorista que matou secretário de Assis

Além do homicídio qualificado, o suspeito também deve responder por duas tentativas de homicídio


O delegado Tiago da Silva Teixeira pediu a prisão preventiva de Geilvane Bazanella Lulu, motorista da caminhonete que causou a morte do secretário de Esportes de Assis Chateaubriand, Elder Franzoi Coutinho, 29 anos, na manhã desta quinta-feira (5). O condutor, de 34 anos, foi preso em flagrante pela polícia e o delegado requisitou ao Poder Judiciário a conversão em prisão preventiva, até que as investigações sobre o caso sejam concluídas. Além do homicídio qualificado, Bazanella também deve responder por duas tentativas de homicídio, já que um adolescente de 13 anos e uma criança de 8 também foram atingidas pela caminhonete conduzida por ele. O motorista foi conduzido à delegacia, mas permaneceu em silêncio durante o interrogatório. Inicialmente, o suspeito afirmou que perdeu o controle da direção, mas essa versão não foi apresentada no depoimento oficial. Além do suspeito, duas testemunhas já foram ouvidas pela Polícia Civil. Segundo o delegado, o principal questionamento feito a elas foi sobre a relação entre autor e vítima, para que a polícia possa chegar à motivação do homicídio. O ACIDENTE Elder estava na Secretaria de Esportes, localizada no ginásio Tancredo Neves, no Jardim Progresso, quando foi atingido pela caminhonete que invadiu a praça esportiva. O veículo bateu na parede do ginásio, arrancou a estrutura de proteção e parou na arquibancada. O secretário, que já foi jogador de vôlei profissional, chegou a ser encaminhado ao hospital, mas não resistiu. O corpo dele foi encaminhado ao IML (Instituto Médico-Legal) de Toledo.

Redação Catve.com

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Policial
Últimas notícias de Policial