Cascavel

Empresa de Minas Gerais assume administração da Rodoviária de Cascavel

Valor do contrato com a Cettrans é de pouco mais de R$ 1 milhão

10/01/2014 20h12 | Atualizado em 11/01/2014 09h30
Logo o Terminal Rodoviário de Cascavel não estará mais nas mãos da Cettrans. O órgão decidiu terceirizar a administração do local. A empresa vencedora da licitação foi a Cotema, de Minas Gerais, que já trabalha nas rodoviárias de São Paulo e Belo Horizonte.

O valor total do contrato é de pouco mais de R$ 1 milhão, válido por cinco anos. Ainda há cinco dias para que as outras empresas, que também participaram da licitação apresentem recurso. Caso ninguém se manifeste, o resultado já deve ser homologado na próxima quinta-feira.

Primeiro deve acontecer a regularização dos espaços comerciais, que funcionam sem amparo legal. O edital ainda descreve que a empresa deverá fazer reparos nos banheiros gratuitos e pagos.

Há quase três anos o guarda volumes está fechado por falta de segurança. Com a terceirização ele será reaberto. O estacionamento também passará a ser cobrado.

Giro de Notícias