Trânsito

Novos aparelhos de medição de som vão ajudar no combate ao crime de poluição sonora em Cascavel

Equipamentos custaram cerca de R$ 60 mil e são usados pelos servidores de Meio Ambiente


Imagem de Capa

JC

Para evitar abusos de motociclistas e motoristas com ruídos excessivos nos escapamentos de motocicletas e outros veículos, a Transitar tem realizado operações nas ruas de Cascavel.

A poluição sonora incomoda muita gente, principalmente o barulho dos escapamentos de motos e veículos que não seguem as normas legais. O som gera desconforto.

As fiscalizações na cidade estão sendo intensificadas de acordo com os órgãos de segurança.

A Secretaria de Meio Ambiente contava com três decibelímetros que, de acordo com o secretário Nei Haveroth, foram repassados pela Guarda Municipal (GM), que recebeu os equipamentos doados por empresários. A Secretaria os utilizava na aferição de sons, verificando a poluição sonora. Entretanto, as aferições feitas por meio do equipamento deixaram de ser aceitas legalmente, por isso, o Poder Público comprou no meio do ano passado dois sonômetros para substituírem os equipamentos antigos, cada aparelho custou cerca de R$ 30 mil.

É importante que as pessoas entendam que existe um limite para o volume de som que precisa ser respeitado.

As ações em conjunto com a Secretaria de Meio Ambiente e outros órgãos de segurança são realizadas de acordo com um cronograma. A multa para quem for flagrado desrespeitando a lei é alta.

Confira a reportagem completa no vídeo:

JC


** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Trânsito
Últimas notícias de Trânsito