Trânsito

Motocicleta que adolescentes atropelados estavam não era regularizada, afirma PM

Ônibus arrastou vítimas por metros 20 metros


O 2° Tenente da PM Nathan deu detalhes do acidente que dois adolescentes morreram na noite de terça-feira (20) no bairro Guarujá em Cascavel. Ele relata que a dupla estava em uma bicicleta adaptada com motor, que então passa a ser considerada motocicleta. No entanto, não havia equipamentos obrigatórios como iluminação, retrovisor e tanto o condutor quanto o passageiro não usavam capacete.

Devido o impacto do ônibus contra o veículo, os dois foram arrastados para debaixo do ônibus. O oficial afirma que eles não deveriam estar usando a via com o veículo não regularizado.

O acidente aconteceu cerca de 30 metros do Colégio Estadual José Ângelo Baggio Orso.

Conforme informado à reportagem, os adolescentes foram atingidos pelo coletivo que faz a linha Guarujá Sul/Sudoeste no cruzamento das ruas Samambaias e com a Açucenas. Segundo o perito, o ônibus arrastou os dois jovens por 20 metros.

Motocicleta ficou destruída e ao lado dela o boné de uma das vítimas. O banco foi arrancado, o guidão retorcido e as duas rodas tortas.

As vítimas foram identificadas como Carlos Eduardo Moura de 17 anos e William Lacerda de 16 anos.

No ônibus que fazia a linha Guarujá Sul/Sudoeste não houve passageiros feridos. Mesmo assim, alguns foram avaliados e liberados no local.

Redação Catve.com


** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais lidas de Trânsito
Últimas notícias de Trânsito