Polícia Civil segue com investigação de grave acidente na BR 277 em Cascavel

Batida envolveu três veículos e terminou com duas mortes

21 de setembro de 2020 | 19h34 | Atualizado há 33 dias

PUBLICIDADE
A Polícia Civil de Cascavel está investigando o grave acidente que aconteceu na noite de sexta-feira (18) na BR 277 em Cascavel. Duas pessoas morreram no local da tragédia. Um inquérito já foi instaurado para apurar as causas do acidente e somente laudos periciais podem explicar o que provocou o acidente que envolveu três veículos.

Uma câmera de monitoramento de uma empresa que fica na marginal da rodovia registrou o momento exato do acidente. Uma Sorento, que trafegava no sentido Cascavel a Foz do Iguaçu, invade a pista contrária e bate de frente com um caminhão que vinha no sentido Curitiba. Um Cruze que estava atrás da Sorento também foi atingido. Os três veículos caíram no barranco. Com a força do impacto, a caminhonete explodiu e o casal Jean Carlos Borga e Silvia Urbanek, os dois de 40 anos, morreu na hora.

O inspetor da PRF (Polícia Rodoviária Federal) explica que a suspeita é que um carro, possivelmente um Fiat Uno, que circulava no sentido Cascavel a Curitiba foi fazer um retorno sobre a pista de rolamento, fechando completamente a passagem da Sorento, que tentou evitar a batida jogando o carro para a pista contrária, mas se chocou de frente com o caminhão

Na câmera de monitoramento não é possível identificar esse quarto carro envolvido, mas o motorista do caminhão afirma ter visto o carro fazendo o retorno na pista. O motorista do cruze, que nas imagens aparece saindo correndo do carro, contou que só viu o caminhão e a caminhonete crescendo na frente dele.

O caminhão estava carregado com milho e no sábado várias pessoas estavam trabalhando para recuperar parte da carga. A remoção do veículo foi bastante demorada e a via marginal só foi totalmente liberada no sábado à noite.

Nesta segunda-feira (21) a empresa que administra o trecho da BR 277 segue com o andamento das obras de recuperação das vias marginais. O trabalho terá que ser refeito onde aconteceu o trágico acidente.
EPC
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM