Com clima estável, produtores de trigo aproveitam para fazer a colheita

Previsão é de uma safra ainda maior que a do ano passado

09 de setembro de 2020 | 19h09 | Atualizado há 9 dias

PUBLICIDADE
Com o tempo seco a colheita do trigo segue a todo vapor na região de Cascavel. Máquinas no campo sempre geram uma expectativa para o produtor. Ainda mais com as geadas que se formaram no mês passado sobre a cultura.

Erwin conta que ela não foi suficiente para provocar estragos. A área dele sofreu mais com a falta de chuva mesmo.

O preço do trigo acaba equilibrando as contas e reduzindo o índice de perdas. O produto com boa qualidade está sendo comercializado acima de R$ 65.

Este especialista, Eloir Assmann, explica que na quinta-feira (10) termina o vazio sanitário da soja, o que significa que os produtores já podem iniciar o plantio do grão. Mas, sem umidade no solo a orientação é esperar mais um pouco.

Apesar das adversidades a estimativa é de uma produção de 3,434 milhões de toneladas de trigo no Paraná. Isso representa 62% a mais do que foi colhido em 2019. Eloir explica que é possível fazer um planejamento para diminuir os efeitos das condições climáticas negativas, como a falta de chuva e a geada.

Para o produtor é difícil falar em tendência e o resultado da colheita vai dizer se no passado ele fez uma boa escolha ou não.
EPC
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM