Procon notifica postos sobre aumento antecipado dos combustíveis

situações teriam ocorrido poucos dias após o anúncio de reajuste, em fevereiro

01 de março de 2021 | 19h14 | Atualizado há 40 dias

PUBLICIDADE
O Procon da Prefeitura de Ponta Grossa, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública (SMCSP), notificou 46 postos de combustíveis para que prestem esclarecimentos referentes ao aumento antecipado dos valores praticados nas bombas. As situações teriam ocorrido poucos dias após o anúncio de reajuste do preço dos combustíveis feito em fevereiro pelo Governo Federal.

Segundo o coordenador do Procon PG, Leonardo Werlang, diversas denúncias já foram encaminhadas ao órgão, que iniciou o processo de averiguação dos casos solicitando explicações das empresas. "A partir das denúncias, instauramos diversos procedimentos de investigação preliminar. Nesta etapa, o Procon notifica os postos para que apresentem documentação para que possamos identificar a prática conhecida como preço abusivo, em que de forma injustificada os postos de combustíveis aumentaram os preços nas bombas antes mesmo de terem recebido os combustíveis já com o novo reajuste anunciado pela Petrobrás", explica. "Nos casos de comprovação da prática de preço abusivo pelo Procon, serão aplicadas sanções a estes estabelecimentos, nos termos do Código de Defesa de Consumidor", completa Werlang.
Assessoria
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM