Governo paraguaio aceita definir protocolo para reabrir Ponte da Amizade

No entanto, somente moradores de Cidade do Leste e de Foz do Iguaçu terão acesso

15 de setembro de 2020 | 20h16 | Atualizado há 3 dias

PUBLICIDADE
Há seis meses, a Ponte Internacional da Amizade é exclusiva para caminhões de carga e pessoas com autorização especial para cruzar a fronteira.

No último Decreto Brasileiro que vale até o dia 26 de setembro, o Governo já havia acenado com a possibilidade de travessia da ponte para moradores das cidades gêmeas, no caso Foz do Iguaçu e Cidade do Leste, agora é a vez do governo paraguaio seguir o exemplo.

Pela primeira vez em seis meses, o Ministro da Saúde do país vizinho, fala oficialmente na possibilidade de reabertura.

Segundo Júlio Mazzoleni, os casos da Covid-19 estão em queda e isso dá mais segurança na elaboração de protocolos sanitários que podem definir o caminho.

A princípio a abertura seria destinada apenas para a área comercial, autorizando moradores das duas cidades a cruzarem a fronteira e retornarem para casa sem desvio de rota. No caso dos paraguaios teriam que cumprir um isolamento depois de cada retorno.

O plano já foi apresentado ao presidente do país e se for aprovado será colocado em prática, mas ainda não existe uma data oficial.
EPC
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM