Cotidiano

Após morte de adolescente, vídeos circulam com brincadeiras perigosas

Imagens não estão associadas ao caso no Rio Grande do Norte, mas colocam em alerta riscos


Vídeos que circulam pelas redes sociais colocam em alerta um tipo de brincadeira que pode ter graves consequências, até mesmo a morte. O desafio da rasteira virou febre nas redes sociais. Uma das situações foi gravada em ambiente escolar. O trio pula no mesmo instante, mas a pessoa que está no meio é prejudicada. A pegadinha consiste em que uma dupla convence uma terceira pessoa a dar um pequeno salto para então derrubar a vítima no chão. Quando a pessoa que está no meio pula as duas dão uma rasteira e fazem com que ela caia, geralmente de costas no chão, batendo a cabeça. Em um dos vídeos o homem fica inconsciente. Essas imagens têm sido associadas à brincadeira que matou uma adolescente no Rio Grande do Norte, na última sexta-feira (7), em decorrência de traumatismo craniano. Apesar de serem situações distintas, colocam em risco os participantes. No caso da adolescente, ela tenta dar cambalhota com apoio de duas amigas na escola, mas bateu a cabeça e não resistiu ao ferimento.

Redação Catve.com

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Cotidiano
Últimas notícias de Cotidiano