Chuvas elevam o nível do Lago Municipal de Cascavel

Com a seca o Lago baixou 1,90 do nível normal

13 de January de 2020 | 17h58 | Atualizado há 178 dias

PUBLICIDADE
Principal cartão-postal da cidade, o Lago Municipal de Cascavel passou por dias de secura que causaram preocupação entre os visitantes, praticantes de esportes e a população que se serve da água para o abastecimento. A estiagem, segundo a Sanepar (Companhia de Abastecimento e Saneamento do Paraná), foi a mais forte registrada na região, causando a diminuição da vazão do Lago, que chegou ao menor volume desde a criação em 1984.

O Lago Municipal de Cascavel tem vazão normal de 600 litro/segundo e armazena 4 bilhões de litros de água. "Com a seca o Lago baixou 1,90 do nível normal, mas agora está recuperado, com as chuvas dos últimos dias voltamos ao nível normal", informa o secretário de Meio Ambiente, Wagner Seiti Yonegura.

De janeiro a outubro de 2017 choveu no acumulado do ano 2.057 milímetros; no mesmo período de 2018 foram registrados 2.054 milímetros e, em 2019, apenas 1.318 milímetros. E este ano o acumulado já chega a 136 milímetros de chuva.

O Lago Municipal foi construído não apenas para ser um local de lazer e de contemplação ambiental, mas também para ser a grande "caixa de água" da cidade. Assim em dias de estiagem, a população poderia ser beneficiada com o abastecimento normal de água, sem sofrer as consequências de um desabastecimento, pois 70% do abastecimento da cidade é proveniente das águas captadas no Lago Municipal. "Nessa seca, que foi uma das piores já registradas, se não tivéssemos o Lago a cidade estaria desabastecida. Pelos registros da Sanepar, nosso Lago nunca chegou a um nível tão baixo de água", explica o secretário de Meio Ambiente.

Ainda de acordo com ele, o Lago Municipal não voltará a ser como antes, devido a uma vistoria técnica feita pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) que determinou a retirada das placas do vertedouro que aumentava em 55 centímetros o nível do Lago. A determinação do TCE é de que o nível do Lago voltasse a ser de acordo com o projeto original.

Parque Ecológico

"O Parque Ecológico Paulo Gorski é uma área de conservação ambiental e lazer, conhecido também como Lago Municipal, que forma com o Zoológico Municipal a maior reserva ecológica urbana do sul do Brasil, com cerca de 1.170.000 m², sendo 600.000 m² de mata nativa, 390 000 m² de lâmina dágua (lago) e 180.000 m² do zoológico.

Além disso, com a mata contígua e igualmente preservada, mas não aberta ao público, pertencente ao Exército Brasileiro, a área totaliza cerca de 1.900.000 m². Batizado como Parque Ecológico Paulo Gorski, sua criação se deu em 1977, quando foram integrados alguns pontos de preservação e lazer ligados ao meio ambiente.




** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM