Polícia Federal prende marroquino e brasileira por simular casamento em Curitiba

Se condenados poderão ser apenados em até 15 anos de prisão

28 de Março de 2019 | 14h23 | Atualizado há 436 dias

PUBLICIDADE
A Polícia Federal prendeu em flagrante, nesta quinta-feira (28), um homem marroquino e uma mulher brasileira por tentarem simular um casamento para regularizar a situação de estrangeiro ilegal no país.

O falso casal apresentou, ao setor de migração da Polícia Federal, diversos documentos com o intuito de regularizar a permanência do imigrante.

Porém, ao verificarem a documentação apresentada e realizarem diligências, policiais federais constataram a falsidade do casamento que, se verdadeiro, permitiria que o estrangeiro obtivesse o registro de permanência no país por casamento com brasileira.

Os presos responderão pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica em documento público e em documento particular e por uso de documentos falsificados.

Se condenados poderão ser apenados em até 15 anos de prisão.
Assessoria
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM