Cascavel

Morador fica inconformado após equipe negar atendimento à idosa na UPA Tancredo

Segundo ele, o Samu orientou que procurasse a unidade, mas por ser idosa a equipe não fez o atendimento

15/03/2019 07h02 | Atualizado em 15/03/2019 07h45
O relato é de um morador indignado que precisou de atendimento para a mãe que estava com fortes dores renais e precisava de atendimento médico.

Ao ver que a idosa de 63 anos, estava sem condições e precisava urgente de uma consulta, Moises Gonçalves conta que entrou em contato com o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) durante a madrugada de sexta-feira (15) para pedir um atendimento de urgência, mas a equipe de plantão o informou que não teria uma ambulância disponível e então o orientaram a seguir até à UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) da Avenida Tancredo Neves, pois era o local mais próximo da casa da vítima.

Ao chegar a unidade, que atende exclusivamente vítimas de traumas levadas pelo Siate ou Samu e crianças, Moises não conseguiu internar a idosa e foi orientado a procurar outra UPA - com especialistas em adultos.

O homem ficou com a mãe por mais de 40 minutos em frente ao Pronto-Socorro, mas ele relata que não houve atendimento médico.

O morador então procurou novamente o Samu que o encaminhou até lá, e o médico disse que o atenderia em instantes, mas passado mais 10 minutos e devido as fortes dores que a idosa sentia ele resolver leva-la até outra unidade para buscar por atendimento.

Redação Catve.com



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.