Cascavel

Polêmica de canudos de plástico aumenta vendas de alternativas sustentáveis

Em Cascavel, ainda não há projeto de lei sendo discutido mas existe interesse dos jovens em mudar

14/03/2019 13h51 | Atualizado em 14/03/2019 13h54
Eles estão na boca do povo. Seja crianças ou adultos, o uso de canudos é uma prática frequente da população. Em espaços, como feiras a escolha pelo item é ainda mais perceptível. Independente da bebida, o canudo de plástico parece ter se tornado indispensável. Mas essa cultura, aos poucos, em grandes centros está se tornando uma atitude de muito julgamento, isso pelo crescente movimento global de combate ao lixo plástico, um dos principais vilões da poluição marinha.

O Rio de Janeiro foi o primeiro local a proibir o uso do canudinho plástico. Lá o descumprimento da lei, gera multa. Em Curitiba, capital do Paraná, foi apresentado um projeto semelhante para punir os comércios que disponibilizassem os canudos, mas a proposta não foi aceita. Agora, a intenção é fazer uma campanha educativa com os paranaenses.

A vereadora da câmara municipal de Curitiba, autora do projeto, explica que daqui para frente a proposta será apresentada com caráter educacional.

Aqui em Cascavel não há um projeto de lei sendo discutido em relação a isso, mas já existe um certo interesse, principalmente dos jovens em mudar a postura. Nesta loja, o estoque de canudos de inox está sendo disputado.

O kit, com seis unidades e mais uma escova para limpeza está fazendo o maior sucesso.

Mais importante do que meios para substituir o item de plástico, esta a conscientização da população que pode facilmente continuar aproveitando das bebidas e ao mesmo tempo ter atitudes para ajudar o meio ambiente.

Redação Catve.com



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.