Maringá

Gatos engaiolados e outros animais são resgatados em Maringá

Eles estavam em situação de maus tratos; ao todo tinham 19 animais

27/12/2018 22h53 | Atualizado em 27/12/2018 22h53
Foto: Aldemir de Moraes/PMM/ Maringá o Diário
No total 17 gatos e dois cachorros foram resgatados de um imóvel, no Jardim Copacabana, em Maringá, na manhã desta quinta-feira (27), após denúncia de maus-tratos repassada pela ONG Salvando Vidas. No local, um forte odor e muita sujeira, mas o que chamou a atenção de protetores de animais e da equipe da Diretoria Municipal de Bem-Estar Animal foi encontrar gatos engaiolados, em péssimas condições de higiene.

Em seu perfil no Facebook, o protetor Lemuel Rodrigues destacou que "as fotos não resumem o que era aquele lugar. As gaiolas tinham baratas e mais baratas, os gatos estavam presos com água suja, ração podre, cocô por todos os lados, ah gente não dá pra falar porque vocês cariam em choque!"

"Recebemos muitas denúncias, mas nunca nos deparamos com animais mantidos em situação tão precária, com tamanha falta de limpeza e organização", afirmou Lemuel.

Há suspeita de que a dona possa sofrer de transtorno de acumulação de animais, quando a pessoa começa a juntar animais de forma indiscriminada. Quem tem o transtorno acredita estar ajudando, mas sem controle, pode colocar em risco a vida dos animais e dela mesma.

Segundo a Diretoria de Comunicação da prefeitura, a dona dos animais será submetida a uma avaliação psicológica e, se confirmado o diagnóstico de transtorno de acumulação, será encaminhada para tratamento médico. Por isso, não foi autuada - lembrando que o crime de maus-tratos prevê multa de R$ 2 mil por animal.

Já os animais apreendidos foram levados a clínica veterinária Animal Med, onde passarão por exames. Todos serão castrados e depois ficarão sob cuidados da ONG Salvando Vidas.

Maringá o Diário



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.