Foz do Iguaçu

Itaipu Binacional e UNESCO firmam termo de cooperação e elevam o CIH

Com isso, o Centro Internacional de HidroInformática está na categoria 2 no programa hidrológico internacional

25/06/2016 10h52 | Atualizado em 25/06/2016 18h56
O termo de cooperação foi assinado pela diretora-geral da Organização das Nações Unidas Para a Educação, Ciência e Cultura , Irina Bokova, e os diretores do Brasil e do Paraguai da Itaipu Binacional. A UNESCO defende a energia elétrica como estratégia central na luta contra a pobreza e a proteção do meio ambiente.

Através do Centro Internacional de Hidro Informática, (CIH), Itaipu desenvolveu projetos, onde as próprias famílias, principalmente no campo, conseguiram transformar a propriedade em auto sustentável, até mesmo na produção de energia através dos dejetos dos animais.

Com o acordo, CHI da Itaipu passa a fazer parte da chamada "família das águas" da UNESCO, que tem 28 centros certificados em todo o mundo. Para o diretor geral paraguaio da Itaipu, James Spalding, a elevação do centro é estratégica por refletir a preocupação de Itaipu, com a geração de energia limpa e renovável.

Do lado brasileiro, a nova categoria do CIH, garante as tecnologias desenvolvidas no Oeste do Paraná e que servem de exemplo para outras regiões do mundo, mostrando que é possível produzir e proteger o meio ambiente ao mesmo tempo.

Catve.com