Cascavel

Calçadão da Avenida Brasil: história de transformações

O coração de Cascavel passa por mudanças após três décadas de renovação

25/04/2016 22h07 | Atualizado em 25/04/2016 22h07
O coração da Avenida Brasil está em transformação. O Calçadão, no Centro de Cascavel, tem história para contar. Depois de quase 30 anos, ele está novamente passando por mudanças e as curvas já fazem parte do passado e as retas voltam a ser implantadas.

Os primeiros registros do local são ainda em preto e branco, de 1949. No local, passava uma rodovia federal recentemente construída, chamada BR 035.

Qualquer mudança neste cenário ainda não estava nos planos, mas com o comércio local e a população crescendo, veio à primeira versão da Avenida Brasil. A primeira de muitas outras mudanças!

Em 1988, o silêncio e a tranquilidade foram pouco a pouco substituídos por caos e pelo barulho das máquinas. Nesta época, as curvas da avenida começaram a ser desenhadas da forma como conhecemos hoje. A proposta era tentar diminuir o número de acidentes, já que muitas aproveitavam a reta larga para acelerar.

No mesmo período, alguns marcos da cidade foram construídos, sem muita pretensão. Os arcos, por exemplo, simbolizavam apenas a entrada do Calçadão, mas a imaginação da população foi longe. As teorias dos cascavelenses são muitas, mas a de que eles representam uma cobra é a vencedora nas explicações.

Quase três décadas depois, este símbolo vira manchete e está cena marca o fim e um recomeço.

Agora, os sons das máquinas e do quebra-quebra voltaram para a avenida. E a obra divide opiniões.

Para o futuro, fica a esperança e a curiosidade. Daqui há 30 anos, Cascavel, como você será?

Jornal da Catve 2ª Edição