Morretes

Cachaça produzida em Morretes é considerada a melhor do Brasil

O maior consumidor é os Estados Unidos

12/03/2016 10h41 | Atualizado em 12/03/2016 10h41
Uma bebida diferenciada, envelhecida em barris de carvalho e produzida de forma artesanal e orgânica. As cachaças que saem desse alambique em Morretes já ganharam prêmios dentro e fora do Brasil. À produção começou em 2004. A ideia inicial era obter um destilado de alta qualidade capaz de concorrer com os melhores do mundo. Hoje são produzidos aqui cerca de 60 mil litros por ano. Parte da produção é comercializada no mercado nacional, mas 60% do que é produzido é exportado principalmente para os Estados Unidos.

"A gente começou a vender para os Estados Unidos e Canadá, e um pouco para a Suíça também. Hoje em dia a gente vende para 26 estados no Estados Unidos" diz Luigi Maroni Gerente de Marketing.

Só que para chegar neste ponto, foi preciso investir na estrutura da empresa, o apoio veio de uma iniciativa do Governo do Estado. A Fomento Paraná financiou a ampliação das instalações para a produção e estoque.

"Está metade do prédio é onde a gente embala o produto, onde a gente rotula o produto, onde a gente coloca nas caixas para ser distribuído para revendas e consumidor final" explica o gerente de marketing.

A cana de açúcar que é utilizado no preparo da cachaça é cultivada no sistema orgânico, sem agrotóxicos. O resíduo da cana é utilizado para abastecer as caldeiras e também para fazer adubação do solo. Está preocupação com a sustentabilidade está presente somente no meio ambiente, mas também na valorização das pessoas. Os funcionários que trabalham aqui recebem incentivos para estudar, alguns terminam o ensino médio outros fazem faculdade, e outros preferem frequentar o cursinho de inglês.

"Como exportamos cachaças, temos muitos visitantes dos Estados Unidos, então podemos atendê-los melhores" relata Gisele Oliveira, Funcionária da Fábrica.

Os prêmios conquistados e o reconhecimento da qualidade da cachaça produzida aqui ajudaram a cidade de Morretes a atrair mais turistas.

Catve.com