Política

Justiça concede prisão domiciliar para Jorge Guaranho


A Justiça concedeu prisão domiciliar para o policial penas Jorge Guaranho nesta quarta-feira (10). Trata-se de pedido de revogação da prisão cautelar e, subsidiariamente, da substituição por prisão domiciliar ou aplicação de medidas cautelares diversas da prisão.

O réu foi autorizado a deixar a Penitenciária Estadual de Foz 2, e cumprir a prisão domiciliar em casa, com uso de tornozeleira. No despacho a Justiça considerou a falta de estrutura apontada pelo sistema penal para abrigar o acusado.

O crime aconteceu no dia 9 de julho, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. O guarda Marcelo Arruda foi assassinado a tiros enquanto comemorava o próprio aniversário, que tinha como tema o PT. O acusado é apoiador declarado do presidente Jair Bolsonaro (PL) e não era convidado da festa. 

Guaranho deveria cumprir pena no Complexo Médico Penal no entanto a unidade informou que "não tinha condições estruturais, técnicas e de pessoal, necessárias para prestar o atendimento necessário para manutenção da vida dele, sem expô-lo a grave risco". 

O Ministério Público do Paraná manifestou-se nesta quarta-feira (10), nos autos do processo no sentido de insistir na transferência do réu para o Complexo Penitenciário Federal, sendo o regime domiciliar a última opção a ser considerada. 

Destacou o MPPR que "diante da incapacidade do Estado do Paraná em cumprir com seus deveres constitucionais, requer o Ministério Público seja requisitado, com urgência, vaga junto ao Departamento Penitenciário Federal para recebimento do preso. 

O Ministério Público ressaltou ainda ser "lamentável que, no exato dia em que se completa um mês da morte de Marcelo Arruda, todos tenhamos que assistir atônitos, por absoluta omissão e descaso do Estado do Paraná, a provável liberação, pela porta da frente do hospital, de seu algoz".


Catve.com

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Política
Últimas notícias de Política