Bolsonaro assina MP que cria programa habitacional para agentes de segurança pública

O Habite Seguro prevê até R$ 100 milhões em subsídios para profissionais contratarem crédito imobiliário

13 de setembro de 2021 | 20h16 | Atualizado há 42 dias

(Foto: Palácio do Planalto)
PUBLICIDADE
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) assinou nesta segunda-feira (13) a Medida Provisória (MP) que cria um programa habitacional com subsídios para agentes de segurança pública. O projeto prevê condições diferenciadas para policiais, bombeiros, agentes penitenciários, peritos e guardas municipais contratarem crédito imobiliário.

Para entrar em vigor, será necessária a aprovação em definitivo em até 120 dias pelo Congresso Nacional. Caso contrário, as regras deixam de valer ao fim desse prazo.

O programa foi batizado como "Habite Seguro" e é um dos mais importantes projetos do presidente, que visa ajudar as forças de segurança, uma das suas principais bases de apoio.

A Caixa Econômica Federal atuará como operadora do programa habitacional. Terão direito ao Habite Seguro os servidores e pensionistas da segurança pública com renda mensal de até R$ 7 mil, que não tenham imóvel próprio e que optem por um imóvel avaliado em até R$ 300 mil.

De acordo com o banco, o subsídio pode chegar a R$ 2.100 para a tarifa de contratação e até R$ 12 mil no valor de entrada do imóvel. Esses valores podem ser somados aos subsídios do programa Casa Verde e Amarela.

Ainda segundo a Caixa, o subsídio no primeiro ano pode chegar a R$ 100 milhões de reais. Esse valor será proveniente do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP).




Com informações da TV Cultura
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM

<